A disfunção erétil, também conhecida por impotência sexual é um distúrbio muito mais comum do que se pensa. De facto o problema atinge quase metade da população masculina com idades entre 40 e 80 anos. Por disfunção erétil intende-se a incapacidade de manter o pénis ereto para o tempo necessário para uma relação sexual satisfatória.

Muitos homens tem dificuldade em assumir o seu problema e em procurar as soluções mais adequadas para o resolver, mas com os tratamentos corretos a impotência pode ser facilmente superada.

Ao longo da vida, todos os homens, mesmo que não o queiram admitir, experimentam uma vez ou outra alguma incapacidade de atingir uma ereção satisfatória. Isto não é preocupante e pode estar ligado a situações transitórias.
Ao contrario, quando isso se torna persistente e ocorre mais do que 50% das vezes, ou quando isto se transforma numa grande preocupação deve ser procurada ajuda medica.

As três causas principais da impotência masculina ou disfunção erétil são de tipo físico, psicológico e ligadas ao estilo de vida.

No primeiro caso, é mesmo preciso recorrer a uma terapia de tipo medico que pode incluir medicamentos orais, autoinjecções ou até a utilização de próteses maleáveis ou infláveis, a segunda da transitoriedade ou não das causas.

Para além da parte física, o cérebro desempenha um papel fundamental na vida sexual. Por esta razão problemas de tipo psicológico, quais stress, ansiedades ou depressão, podem afetar a própria capacidade de ter relações. No caso de problemas de tipo psicológico, a ajuda de um terapeuta pode ser a forma mais adequada de ultrapassar rapidamente a situação de desconforto.

O estilo de vida enfim, pode afetar o desempenho sexual. Por isso algumas alterações na própria rotina diária podem ser uma valida ajuda para aumentar a potencia sexual.

Muitos homens, mesmo que não tenham uma situação que se possa considerar clinicamente de impotência, relatam alguma falta de desejo e alguma falta de vigor. Neste caso, a ajuda de um suplemento sexual pode ser um valido aliado para tornar o própria vida sexual mais animada.